REINTEGRAÇÃO DE POSSE NO EMPREENDIMENTO IPÊS

  • Compartilhe nas redes Sociais

  • Teve início nesta terça-feira, dia (26), a reintegração de posse dos apartamentos irregulares no empreendimento Ipês. A ação conjunta entre a Empresa Municipal de Desenvolvimento Habitacional (EMDHAP) e a Caixa Econômica Federal, notificou dez famílias irregulares residindo nos imóveis. Entre as utilizações indevidas dos apartamentos, estão imóveis cedidos, alugados e vazios.

    A diretora administrativa da EMDHAP, Kátia Mesquita, explica que a reintegração é a etapa final de um longo processo administrativo de apuração e averiguação de denúncias. “Após a apuração das informações, a EMDHAP oficia a Caixa Econômica Federal através de um relatório de acompanhamento que constata a irregularidade e, após isso, é agendado pela CEF a reintegração dos apartamentos”.

    A moradia irregular reflete também na inadimplência. Atualmente, cerca de 70% dos moradores que residem nos condomínios Ipês, não pagam a taxa condominial, o que reflete diretamente na exclusão de serviços como: portarias, zeladoria e limpeza pelas prestadoras de serviço.